Páginas

quinta-feira, 25 de março de 2010

Show that you love me*

Ciúme. Qual a sua opinião sobre esse sentimento? (Muitas pessoas devem estar pensando: "o objetivo do blog não é falar sobre os lados positivos de um DESASTRE?" Pois é, foi por isso que perguntei a sua opinião! Se você respondeu algo do tipo "bom" não há muito o que acrescentar, mas se sua resposta foi "uma porcaria, fucking crap!" provavelmente você é a amante você deveria continuar lendo esse texto, ele foi feito para você.)
Caso você jogue a palavra ciúme no google a maioria dos resultados tem algum tipo de relação com psicopatologias, que consistem em doenças psicológicas, e afirmações do tipo "ciúme = doença". Não devemos negar que existam pessoas doentes de verdade sendo nelas um tipo de obsessão saber onde, com quem, quanto tempo o parceiro está longe deles, acho que todos já viram casos nos quais pessoas, geralmente mulheres, contratam detetives para seguir o cônjuge e lhes entregar um relatório, sim, aqui está fora de controle, é uma doença e deixarei para os psicológos/psiquiatras analisarem.
Em minha concepção o ciúme está relacionado com a confiança, tanto em seu parceiro como na pessoa alvo das forças de seu ciúme, muitas vezes um beijo, um toque infiél não parte dos dois lados e isso é algo importante na análise dos fatos e na distribuição de perdões - ou não - se uma pessoa vadia ataca seu namorado e ele não deu motivos para que isso acontecesse a culpa não é dele e sim dessa dita cuja que você não manteve nas rédeas curtas do ciúme, o que é normal caso você confie demais nas pessoas. Porém a falta de confiança excessiva leva à um ciúme excessivo, o que acaba com qualquer relação, sufoca e mata o amor, que se transforma em uma espécie de prisão e muitas vezes leva ao ódio. Psicopatologia? Bingo!
Entretanto o ponto de vista que pretendo desenvolver aqui é outro.
O ciúme é algo natural, inerente ao homem e muito bonito. Quem sente ciúme ama você! Sabe quando você, menina, conta ao pai que tem um namorado? É um ciúme muito justificado. E os meninos quando contam às mamães? Também. "Ninguém vai amar meu(inha) filhinho(a) como eu!". Ou então aquele ciúme da(o) ex? Tudo isso porque você ama e quer proteger, tem medo de que aconteça algo ruim que a pessoa amada se machuque, é um instinto de preservação e proteção. A mesma coisa acontece quando cachorros marcam território por ai, querem proteger o que é deles, de um jeito fail, mas eficiente. Quem ama e não sente ciúme nenhum deveria pelo menos fingir um pouquinho, saber que o parceiro tem ciúmes de você é uma massagem no ego.
Um outro tipo de ciúme, também válido, é o de seus bens, como cds, livros, dvds etc. afinal você trabalhou, deu duro para tê-los ou sinplesmente ganhou de alguém especial, o que é um motivo digníssimo para não querer emprestar para ninguém e manter sob uma redoma de vidro. Mais uma vez: instinto de preservação!
Enfim, ciúme é algo essencial para uma vida saudável! Todos devem sentir um pouquinho de ciúme das coisas e pessoas que ama desde que não vire uma doença, claro.

Pauta para o blorkutando

*Trecho de "Lovefool" do The Cardigans

24 comentários:

Ana Catarina disse...

Que liindo aqui!
Adoreei *-*

L.M. disse...

tb adorei o texto!!!!

amore... td de bom pra ti lindona!
bjs
luiza
www.bobogema.blogspot.com

Gabriel Pozzi disse...

hey docinho...
ciúmes é algo saudavel sim, eu fico feliz qdo vejo vc com ciuminho de mim, rsrs
mas como vc disse, se torna patético e degradante quando é aquele ciúme doentio, que sufoca um dos lados do casal, ninguém gosta de se sentir preso em uma gaiola! :(
Enfim, nem tenho o que acrescentar, texto redondinho! =]

esse texto para o blokurtando eu gostei, e espero que ganhe, pq aquele outro :((((

GoldBlogs disse...

Baobah - você se importa se eu te chamar pelo seu endereço do twitter? huauahua -, antes de mais nada, obrigado pelos selinhos. Eles são lindos! *-*

Eu concordo com você. Acho que o ciúme é mais que natural, quando não passa dos limites. O ciúme apimenta uma relação, e dá espaço para brincadeirinhas. Ser alvo do ciume de alguém, quando não é aquela coisa obsessiva, também é super bom, afinal de contas, você se sente amado o suficiente para que a outra pessoa sinta ciúmes.
Mas quando aquela coisa legal vira louca, com a outra pessoa querendo saber tudo o que você fez com uma expressão ameaçadora no rosto, o negócio complica. Não dá pra conviver com uma pessoa que tenta acabar com toda a sua independência - ou o que quer que seja que chamamos por esse nome -, com toda a sua liberdade.
Ciúme em excesso só gera desconforto. Tanto para a perseguidora loucona quanto para o pobre do perseguido. (não exatamente a mulher tem que ser a perseguidora, né? convenhamos.)

Jana Barreto disse...

eu ainda não posso ler sua pauta porque ainda não escrevi a minha! ;x Mas assim que eu fizer isso, eu volto ^^

thaís frugulhetti - disse...

aah, muiito obrigada, linda, de coração mesmo *-*

e concordo com a parte saudável do ciúme. só não pode exagerar (:

um beeijo!

redoma-de-cristal disse...

Ciúmes tem que ter moderação.
No nível certo é até gostoso, apimenta a relação como disse GoldBlogs. Mas se começarem os surtos psicóticos aí é melhor sair correndo. rsrs

Bianca Briones

Laís Dourado disse...

Oi querida! =)
Já fiz o sorteio lá na comunidade da nossa brincadeira!
Você vai sugerir para o http://ana-in-wonderlandd.blogspot.com e quem vai te sugerir é o http://blogkamilla.blogspot.com/

;)

Laís Dourado disse...

Oi querida! =)
Já fiz o sorteio lá na comunidade da nossa brincadeira!
Você vai sugerir para o http://ana-in-wonderlandd.blogspot.com e quem vai te sugerir é o http://blogkamilla.blogspot.com/

;)

Gabriel disse...

Ciume? Bem, sendo sincero o que sinto é aquele ciúme infantil, natural do homem.

Pois quando se trata de uma relação, posso me dar mal com isso, mas confio plenamente em quem eu gosto, daí contar nos dedos de quem gostei.

E quando confio, não sinto quase ciúme. Talvez seja ingênuo, mas talvez também seja apaixonado e confie que também que seja capaz de apaixonar alguém. Não sei.

Abraço.

Umrae disse...

Apesar de eu ter uma opinião diferente, seu texto está muito bem escrito e fundamentado.
Bom, mas o principal lado bom do ciúme... Olha só quantos empregos ele gera! Quantos detetives particulares poderiam estar desempregados se não fosse por ele! Quanta tecnologia não foi desenvolvida por causa dele?
Abraço.

Giovanna. disse...

Para mim, ao contrário do que dizem, ciumes é sempre ruim. Poode estragar toda e qualquer relação.

Ana Catarina disse...

É mesmo, isso pode me ajudar muito no futuro!

Beeijos ;**

Aqui tbm é super fofo!

Jana Barreto disse...

num acredito... como pode? cê viu, né? Não li seu texto e saiu o infeliz do "Bingo!", vou já mudar no meu.

Bom, e falando do texto, vc leu o meu e sabe que eu não concordo que seja uma coisa boa ter ciúmes. Uma coisa me chamou a atenção aqui. Você falou manter às rédeas curtas do ciúme. Eu acho estranho essa necessidade de controlar uma pessoa... Talvez porque eu odeie ser controlada, gosto de sentir minha liberdade e quero o mesmo aos outros.


Enfim, cada qual com seu cada qual!
Boa sorte no BK!
Beijão ^^

Gabie disse...

concordo =)
aquele ciumes pequenininho é bommm =)

Felipe "Miro" 'Dreads' disse...

Até pq tudo tem um limite... aquele ciúme normal de ficar naquela neura quanto aquele veado manda um scrap duvidoso pra sua namorada ou quando uma "vadia" dá em cima do teu namorado... hahahah Agora aquele ciume possessivo e doentio não dá...


Beeejo

naomemandeflores disse...

O quadrinho é muito engraçado!!!

Tiêgo disse...

Deu um show, hein? Adorei o texto, se não fosse pelo começo, que eu achei meio nada a ver com o Blorkutando, o resto ficou perfeito! Ficou muito bom, ciúmes é mesmo, uó! hahaha

Beijos :*

Kamilla Barcelos disse...

Eu sou tipo de pessoa que sente ciumes, mas não fala! haha Morro de ciume de algumas amizades, da minha família, dos meus livros, meu computador... hahaha

Um dos textos que mais gostei aqui no seu blog foi "Das coisas que não existem". Ficou perfeito!

Pensei no tema para vc escrever para a nossa brincadeira dos Interativos. Acho que seria legal vc imaginasse um encontro ou uma carta que vc mandou para alguém muito especial para vc, como um escritor, cantor, ator, pode ser um dos seus ídolos. Não tem importância se já morreu ou não. O mais importante é que esse encontro nao tem ocorrido ainda.

Boa sorte!

Duanny!. disse...

HAHA fico longe de ciume!
credo... =p

Charlie B. disse...

UAHua, não sou ciumento, mas prezo meu amor e afeto mais do que tudo.

Charlie B.

Olive disse...

eu acho que ciumes não é uma coisa ruim,o excesso dele é que é pessimo.
eu sou bem ciumenta,gosto de ser assim. xD UAShUASH nunca me deu problemas até agora né? hehehe

Luiza Barros disse...

acho que ciume é algo natural.

Barbara Salvan disse...

Muito perfeita a postagem, eu acho que ciúme é uma coisa que só pode ser resumida quando você sabe a dosagem que está se usando.
O ciúme digamos que seja um temperinho na relação...
Se você não coloca, fica insosso... Mas se colocar demais estraga.
Bom, eu já falei sobre isso uma vez numa postagem no meu blog... se você quiser ver está lá :D
Adoro o jeito que você escreve... é muito bom ler suas postagens!
Beijos e obrigada pelo coment no meu blog :*

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...