Páginas

domingo, 17 de janeiro de 2010

Catástrofes verdadeiras

Nessa última terça, dia 12 de janeiro, um real desastre aconteceu, um terremoto de grau 7.0 ocorreu em um país totalmente imerso em profundas dificuldades desde 2004 quando rebeldes fazem uma grande rebelião contra um presidente ditador, essa rebelião tomou proporções exageradas, tão exageradas que a ONU tomou partido e iniciou uma missão de estabilização da paz liderada pelo Brasil que tem atualmente uma quantidade aproximada de 1.266 militares no país, porém essas manifestações continuam agora para que esse mesmo presidente volte ao poder e as tropas, como é de se esperar, reprimem essas manifestações, enfim, guerras com o objetivo de trazer a paz. Sim, estou falando do Haiti.
O país já passava por grandes problemas já citados, como a ocupação de militares e os constantes conflitos, a miséria que assola o local, falta de cuidados médicos, saneamento básico, grande quantidade de favelas, etc, dadas essas condições as consequências do desastre foram ainda piores, o país encontra-se inteiramente devastado sob escombros e milhares de corpos. A Cruz Vermelha estipula que o número de mortos está em torno de 50 mil, só na quinta-feira foram enterrados 7 mil mortos em uma vala comum. O número de desabrigados passa de 3 milhões. Dentre os mortos encontra-se Zilda Arns, intitulada "Brazilian's Mother Teresa" pela emissora norte-americana CNN.
Algumas das imagens podem ser vistas nesse vídeo:

http://www.youtube.com/watch?v=tVcLwm3pnsE

Mas quem pensa que a devastação está longe de nós, longe lá no Haiti, está redondamente enganado, aqui em São Paulo e na região sul do Brasil (Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná) a chuva está deixando cada vez mais desabrigados, as enchentes estão acabando com as casas, deixando pessoas - que já tinham pouco - com menos ainda.
É nessa hora que pode-se ver a quantidade de pessoas de bom coração e dispostas a ajudar. Estamos fazendo nossa parte, nós brasileiros, enviando doações de alimentos e provisões para o Haiti - doações essas que ainda não foram distribuidas para a população que aguarda faminta, juntando doações para vítimas das enchentes aqui no Brasil mesmo. As pessoas nos USA estão mobilizando-se de diversas para arrecadar dinheiro para ajudar, a principal forma é através de mensagens de texto para a fundação YELE. Uma palavra para descrever o momento que o mundo está passando é AJUDA, com certeza, ajuda e solidariedade e não devastação como muitos acham.
Faça a sua parte também, saiba como clicando aqui.

8 comentários:

Gabriel Pozzi disse...

hey amor...
um post diferente no seu blog, acho que esses fatos não passam nem perto de um "mini desastre"... rs
de qualquer forma, o fato de vc estar fugindo à sua proposta não entra como ponto negativo de jeito algum!
seu coração é tão doce, poucos fariam isso que vc ta fazendo, de tentar mobilizar os outros, de se mobilizar de alguma forma... ;]
e foi um post super útil, eu mesmo não fazia ideia da história do Haiti...

bjs amor, vc é muito boa *-*
s2

mulherices disse...

A história TODA do Haiti é uma grande desgraça. Quando se conhece um pouco a história daquele país, percebe-se que aquilo NUNCA poderia dar certo. Não deu, nunca dará. Essa tragédia é só mais uma página triste. E a solidariedade dos povos (bem mais do que dos governos) é algo que, sim, comove.

Rodolfo Soares disse...

Foi muito triste... Já não basta o problema do brasil, temos que nos preocupar com os do mundo :S

Abraços
www.borarir.com

Leandro disse...

é bem triste mesmo, mas o nordeste brasileiro e africa tbm precisam de ajuda..
mas espero que mtos ajudem o haiti.
bjos

-

Um pequeno mundo - (Novo site de tirinhas)
Job, Lob e sua turma espera sua visita!
www.umpequenomundo.com/
Twitter: @umpequenomundo
abraços!

30 e poucos anos. disse...

Uma tragédia que enterrou o paupérriomo haiti.
Espero que a ajuda que o mundo está dando chegue nas maos dos mais necessitados

Gil disse...

Pois é,foi uma puta duma tragédia. Que Deus tome conta dessas pessoas. Que os países que se prontificaram a ajudar enfim tomem partido e não fiquem de enrolação, como o caso dos Eua por exemplo. Até nosso querido Lula ficou de ajudar. Dizem também que novos tremores de terra voltaram a assombrar o Haiti. Pobre país.

Byers disse...

Oie flor.

Bem o Haiti está sofrendo ai inconsquência de gananciosos e de quem diria, racistas que deveriam exercer seu papel de "líderes".

O presidente do próprio país dizer que "é tudo culpa da macumba?" não tem cabimento.

Mas mudando um pouco de assunto para algo mais feliz, deixa eu te convidar a conhecer a Sunshine! Uma revista de poesias, idealizada por mim.

www.revistasunshine.com.br

;D desculpa o momento mercha! mas achei que tu iria gostar da novidade.

Renan Leal disse...

é muito bonito o que vc faz, escreve sobre desastres e dá dicas de como ajudar e realmente (como diz seu perfil" tenta mostrar o lado bom da vida, mas não sei se eu conseguiria falar de desastres o tempo todo...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...