Páginas

quarta-feira, 21 de abril de 2010

Make me normal from now on*

Sabe quando uma coisa acontece tanto que por mais estranha que ela seja você acostumou-se a ela? Pois é, já estamos tão acostumados às coisas que nem reclamamos mais e por fim elas tornam-se normais, coisas do cotidiano.
Eu trabalho com fotojornalismo, traduzindo: acontece alguma coisa importante que vai virar notícia daí um de nossos fotógrafos faz algumas fotos sobre o evento e manda para nós que editamos e deixamos disponível para nossos clientes que são jornais e sites em sua maioria. Durante o dia chegam muitas pautas, vulgo conjuntos de fotos, sobre assaltos, morte por bala perdida decorrente de tiroteio entre policiais e bandidos, carros roubados por quadrilhas, assassinos que saem impunes, capotamento de caminhões, incêndios e assim vai. Tudo que eu acabei de citar pertence ao cotidiano. O crime dominando as nossas vidas, nos prendendo em casa e deixando a vida cada vez mais hopeless, por que ninguém mais reclama? Porque isso é considerado normal!
Em contraste com a normalidade vem a estranheza das pessoas à respeito de um casal que já é casado há 20 anos mas nunca briga e ainda age como se os apaixonados fossem namorados.Ou um casamento que deu certo e continua dando há muito tempo. Ou ainda a estranheza à respeito do carinha da sua rua que é gay e às vezes anda de mãos dadas com o namorado, menos ainda, ele é gay.
Sempre me pergunto o por quê dessa inversão, violência é normal mas o amor não? Seria uma coisa de nossa criação? Desde crianças vemos desenhos onde o mocinho luta com o vilão, a favor do bem, claro, mas há violência e nesse caso ela é ainda considerada uma coisa boa afinal é necessário o quebra-pau todo para que o mocinho ganhe, mas alguém já viu o SBT exibindo um desenho animado matinal sobre uma linda história de amor endless, onde dá tudo certo? Acho que não.
A TV influencia muito uma criança, falo por mim mesma, sempre assisti aqueles programas da Tv cultura como Ra-tim-bum, X-tudo, O mundo da lua e outros e minha infância foi muito diferente da que as crianças de hoje tem. A TV influencia muito um adulto, falo por mim mesma, nos dias que minha mãe assiste o Datena ela simplesmente quer proibir a mim e a minha irmã de sair de casa pois o mundo é muito violento. Violência existe mas não podemos nos trancar em casa, no final é por isso que classificamos esses tipos de crime como cotidiano porque acontecem, aconteceram e acontecerão amanhã também. That's what you get quando se coloca 6,6 bilhões de pessoas juntas e inventa o dinheiro e intrumentos que causam a morte, os interesses pessoais falam mais alto e no fim a violência passa a ser uma coisa normal, ponto final.

*Trecho de "normal" do Foo Fighters

18 comentários:

''Tay' disse...

´Concordo com tudo que fooi dito neste post. Tem certas coisas com as quais acabamos nos adaptando e tratando como se fossem coisas normais.
Muito bom esse texto ^^

bjus =*

Gabriel Pozzi disse...

oi mô!
nhá, vc tinha dito que ia postar algo muito fofinho, eu fiquei esperando um descanso de sua mente super crítica e inteligente para algo mais "relaxante", não sei pq, mas como isso não aconteceu, me resta novamente admirar seu pensamento, sempre muito bem fundamentado! :)
Eu odeio televisão pq eu sempre acho que tá tudo errado nela. Sim, é muito radical de minha parte, tem coisas boas que eu não vejo pq acabo generalizando, mas não deixo de ver os telejornais como um "normalizador da violência", as novelas como clichês baratos, os entretenimentos da tarde como mediocriodade...

Onde fica o mais importante, o tal do amor??
Parece que é a última coisa que pode envolver a gente,parece que a gente nem precisa dele, enquanto na verdade, é tudo o que nós precisamos.

Beatles sempre estiveram certos.

Gabriel Pozzi disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Luciana disse...

Nossa, e as vezes as pessoas so se tocam sobre isso qndo alguem tem o poder de vir aqui e falar jogar a verdade nua criua :D ' naao sei qualé a pior.
As crianças de hj em dia , esto mto mal educadas e etc ... e fico muito puta qndo um pai fala todo orgulhoso ain que bontinho eele ainda assiste desenho ou vou fazer o aniversario do meu filho do pica pau ... puta merda o pica pau estava fazendo propaganda de prostitutas esses dias ... e os pais acham isso bonito ?
mais infelizmente a gente nao pode mudar o mundo, pq? POq o mundo entro em um conformismo lazarebto.
concordo com vc querida. um beijo e parebens pelo texto.
aaaaa esqueci ... eu estou fazendo jornalimso estou no primeir ano.. e adoro as aulas de fotojornalismo... pretendo tbm seguir carreira.

Olive disse...

concordo.nossa seu texto ta muito bom ;D

Juan Moravagine Carneiro disse...

"Quando a criança vai ser alfabetizada, em torno dos 6-7 anos. já assistiu em média 7 mil horas de televisão em sua via" (Lais Fontanelle)

Belo espaço

Fagner J. A. disse...

Bom saber que o Datena motiva sua mãe a não deixar vc sair de casa. Mais como vc disse se ficar presos em casa nunca conseguiremos mudar o que achamos errado. A TV não só tem influência em nossa vida. Como de certa forma nos força a tomar decisões erradas e equivocadas. Imagine o tanto de pessoas que passaram o tempo todo sendo bombardeados de propagandas políticas. Vote me mim, roubo mais faço, est... mais não mata. Lembra disso. O santa televisão que nós domina, fazer o favor me abandonar !!! Amém rs. Belo texto !!!

Rafael disse...

É, violência e desgraça vendem. Se fosse diferentente, o jornal só mostraria matérias sobre coisas alegres e felizes, que não é bem o caso... haha
bjs

Deyse Batista disse...

Cara, concordo com tudo que você disse. Adorei o texto, você defendeu o seu ponto de vista muitíssimo bem - aliás, nosso ponto de vista e de qualquer outra pessoa de bom senso que já tenha percebido como a valoração de ações tá trocada na sociedade atual. Amei ;)

ps.: te autorizei a me seguir no twitter, haha. Te seguindo também ;)

Beijos.

Manuh *.* disse...

coloquei suas coisinhas do correio, demorou mais chegou né? hahaha.
lindo texto, like always.
xx

Lilian disse...

E o que é absurdo vira cotidiano.
Gostei.
Bjs

Olga disse...

primeira vez no seu blog e amei. :) muito bom seu texto... principalmente porque eu adoro colocar músicas em postagens, acho isso muito bom.

Bill Falcão disse...

Caraca! Mais de 6 bilhões de humanos juntos, e ainda em busca de grana...É de arrepiar, hein?
Bjoo!!

Duanny!. disse...

é Violência hoje dia, todos tratam como algo normal.
Porque? a solução disso esta tão longe, que eles fazem disso uma normalidade. Pra deixar tudo mais fácil.

=)

Anna disse...

O mundo tá todo errado, todo.
Seu exemplo do Datena vale pra quando o Fantástico passa aquelas reportagens colocando a culpa dos problemas do mundo na internet e minha mãe começa a ficar perguntando o que eu tanto faço, e querendo me previnir de pedófilos, como se eu tivesse 11 anos e entrasse em sala de bate-papo.
Beijos

Laís Dourado disse...

Acho que a gente banaliza pra não enlouquecer! Se não fosse assim, sair na rua todo dia seria um martírio, um pânicO!

Luiza Barros disse...

concordo muito. é ruim sair na rua com medo, então preferimos ser prisioneiros em nossaspróprias casas.

Barbara Salvan disse...

Oi amr, tem selinho pra você no meu blog!
Beijos, té mais :*

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...