Páginas

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Desastre mora ao lado

Meus vizinhos X e Y moram juntamente com a mãe de Y e suas três filhas X1, X2 e X3 em dois cômados, quase do tamanho do quarto da minha mãe, sem contar que são 2 camas para 6 pessoas. Todos pensam: "Esse tipo de coisa não existe", existe sim e existem situações ainda muito piores que essa. Minha tia estava comentando com a família naqueles almoços de domingo sobre um cara portador da Síndrome de Edwards (que consiste num problema genético no qual a criança nasce com, no mínimo, os membros deformados) que pintava lindos quadros usando a boca. Essa semana o Brasil inteiro ficou chocado com aquele caso no qual o padrasto colocou trinta e poucas agulhas no corpo de uma criança de 2 anos para vingar-se da mãe dele. E os exemplos não param por ai não...
Por pior que sua vida seja ou esteja sempre exite alguém pior, assim como sempre existe alguém melhor, você nunca estará no topo ou no final da cadeia alimentar, sempre tem alguém acima ou abaixo. My point is: a vida também tem a sua parte ruim. As vezes a parte ruim é tão ruim que ofusca a parte boa, ou como a Jenny Lewis descreve "The lows are so extreme that the goods seem fucking cheap", mas agora imaginem se a vida fosse apenas a parte boa, você daria valor para toda essa felicidade caso não conhecesse a tristeza?
Bom, é óbvio que hoje o propósito não é destacar o lado bom de um acontecimento ruim e sim mostrar que devemos olhar para o lado ruim com um olhar atento e crítico, devemos refletir mais com o objetivo de aprender a valorizar mais as coisas boas que acontecem conosco. É claro que isso tudo pode parecer muito clichê para alguns, tanto que até deixarão de acompanhar as novas postagens, mas todo clichê é uma verdade universal, por isso são tão usados assim, clichês são verdades e muitas vezes verdades doem. Mas, enfim, a vida é do jeito que é por algum motivo, coisas ruins acontecem para que as coisas boas pareçam melhores, mesmo sendo pequenas, não deixe de valorizar as pequenas coisinhas. Quando você achar que as coisas não podem piorar olhe para o lado, lá você verá um bom exemplo de como nada está tão ruim assim como você pensa. Ou então olhe para cima, pois é nesse momento que começará a chover!

6 comentários:

That Little Bliss disse...

bom^^

Gabriel Pozzi disse...

duvido muito que alguém deixe de acompanhar suas postagens só porque você falou verdades!
mesmo não falando sobre alguma determinada situação e seu lado bom, esse post é ótimo... *-*
as vezes falar genericamente é bom, não há melhor jeito de fazer um amplo retrato de algo...

adorei a parte que você fala sobre o clichê! =]
você é lindaaaa rs

beijos.

Deane disse...

Hehe.. adorei sua forma de escrever a situação, cativante! Voltarei mais vezes... abração!

Andre disse...

Concordo plenamente, não devemos achar (sei que muitas vezes isso é bem mais do que difícil) que somos os seres mais acompanhados por Murphy (para não pegar mais pesado), "oh vida, oh azar" ... não, não, olhe para o lado, para baixo, até mesmo para cima ...

Pessoas com sérios problemas vivem sorrindo e espalhando luz por onde passam, pq muitas vezes não conseguimos lembrar disso??

Byers disse...

Bem, os filosofos existencialistas, como Kamus.

Dizem que a noção de realidade do ser humano está baseado no seu sofrimento, talvez sejamos tão incensíveis que só podemos perceber o mundo a nossa volta quando sentimos dor.

E assim engatinha a humanidade.

Silvio disse...

Você está certo! A reflexão faz parte do aprendizado humano.

Sucesso com o blog, forte abraço e até mais.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...